Itacarambi realiza a VIII Conferência municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

A Prefeitura Municipal de Itacarambi, junto a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. Realizou nessa sexta-feira dia 16 de dezembro a 8° Conferência Municipal dos Direitos da Crianca e do Adolescente. Através do CMDCA-Conselho Municipal dos Direitos da Criança.

A (8°) Conferência teve como tema Central “Situação dos Direitos humanos de crianças e adolescentes, em tempos de pandemia pela Covid-19. Violações é vulnerabilidade de crianças e adolescentes, ações necessárias para reparação e  garantia de políticas de proteção integral com respeito à diversidade.

A Conferência teve a participação dos usuários do SUAS-Sistema Único de Assistência Social, dos seus diversos equipamentos como CRÁS, CREAS, Conselho Tutelar, Programa Criança Feliz e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

A prefeita Nívea Maria e o  vice-prefeito Serginho. A participação dos conselhos de direitos CMDCA e CMAS. Estiveram presentes, como também representantes das secretarias de Educação e saúde. A palestra foi conduzida pela advogada a Dr. Vanessa Bavose, explanado sobre o tema e o processo pós pandêmico no nosso território.

A senhora secretaria Heliana Gonçalves explanou sobre os Eixos discutidos na conferência destacando a importância da participação da comunidade na elaboração de propostas, defesa e garantia dos direitos das crianças e adolescentes. A Secretaria pontuou ainda os reflexos da pandemia na sociedade e na vida das pessoas de modo geral. O presidente do CMDCA o senhor Paulo Robson Ribeiro, destacou a importância de garantir esses direitos através dos conselhos e que os pais são corresponsáveis na efetivação desses direitos.

A participação das crianças e adolescentes na conferência foi evidenciada com apresentação do adolescente Gioave Isac que abrilhantou com sua voz, a Maria Paula e as crianças do Serviço de Convivência deram um Show de apresentação. O Jhones representando o NUCA. Lembrou o que a legislação fala sobre os direitos da criança e do adolescente.

Texto e foto-Heliana